Saltar para conteúdo
Descubra Ansião 1 Descubra Ansião 2 Descubra Ansião 3 Descubra Ansião 4 Descubra Ansião 5 Descubra Ansião 6 Descubra Ansião 7
Lazer

cultura e história - Lazer

Parque Verde do Nabão

Parque Verde do Nabão

Novo cartão de visita de Ansião, o parque verde resulta da revitalização e requalificação das margens do Nabão e zonas envolventes, com integração de diversos elementos arquitectónicos envolventes.


Zona de lazer de Chão de Couce

Zona de lazer de Chão de Couce

A Zona de Lazer de Chão de Couce é um local privilegiado pela sua localização e por reunir uma série de equipamentos que permitem desfrutar de momentos de lazer e descontração.


Complexo 1

Área envolvente ao Complexo Monumental de Santiago da Guarda

Intervenção que valorizou o património histórico, ambiental, social, económico e cultural do local, assim como se reforçou a sua identidade e potencial turístico


Bicicleta de uso partilhado de Ansião

Bicicleta de uso partilhado de Ansião

Projecto e-ginga é um serviço de aluguer de bicicletas de uso partilhado, designado por e-ginga, tem um carácter lúdico e ecológico, tendo como principal objectivo fomentar o uso deste veículo não poluente, na realização de deslocações urbanas em bicicleta.

"Trata-se de um projeto nuclear denominado 'e-ginga'", revela o presidente da Câmara.
Como estruturas de apoio, os utilizadores vão encontrar em diferentes pontos da vila sistemas automáticos de estacionamento, batizados pelo município de 'ginga park'.


Casa-Museu de Fósseis de Sicó

Casa-Museu de Fósseis de Sicó

A Casa-Museu de Fósseis de Sicó tem como objectivo dar a conhecer a pré-história da região, presenteando os visitantes com um valioso espólio paleontológico que está patente numa casa datada de fins do século XVII e que foi recentemente recuperada.


Ciclo do Pão

Ciclo do Pão - Serra da Portela (Anjo da Guarda) - Pousaflores

Foi apresentado em Novembro, na serra do anjo da Guarda - Pousaflores, o projecto de divulgação turística e etnográfica Ciclo do Pão.


Olhos d’Água – A origem do rio Nabão

Olhos d’Água – A origem do rio Nabão

Muitas dessas exsurgências, apesar de sazonais, são importantes na alimentação do curso de água do Rio Nabão. O mais importante, sem dúvida, é a dos Olhos d’Água em que, durante os picos invernais, o caudal de água pode ultrapassar os 1000l/s, mas que, no tempo mais seco, deixa de alimentar o rio.


Visitas a Artesãos

Visitas a Artesãos

Assista a artesãos a trabalharem ao vivo! Desde tecelagem a bordados, à latoaria... não perca a arte e mestria na mãos dos nossos fiéis depositários de séculos de saber.